Separata do plantel do Belenenses da época de 1979/80

 Poster editado pela revista «Golo»
⛹ Quim, Carlos Pereira, Carneirinho, Delgado, Sambinha, Hertz e Rui Paulino.
⛹António Fontes (massagista adjunto), Isidro, Lima, Luís Horta, Júlio Amador (treinador adjunto), Júlio Cernadas Pereira «Juca» (treinador principal), Djão, Eurico Caires, Lincoln e João Silva (massagista principal).
⛹ Amaral, Gonzalez, Esmoriz, Cepeda, Amílcar, Nogueira e Baltazar.  

José Rosa de Freitas

Recordista da travessia do estreito de Gibraltar (16/09/1962)
1º campeão nacional com barbatanas (Peniche - 1962)
Técnico e instrutor dos de maior competência no país

A equipa de Hóquei em Patins do Belenenses exibiu-se no Rossio ao Sul do Tejo com muito agrado do público local

Treinador, José Coelho, Alfredo Saraiva, Patinadora Artística, Almeida e João Silva 
José Nunes, José Mendes, Sá Santos e Lemos

🏑Jogo particular com a União Desportiva Rossiense, realizado a 31 de Setembro de 1963

O Belenenses no «3º Torneio Internacional de Oviedo» de Hóquei em Patins


João Raposo, José Mendes, José Lisboa, Florindo Marques, José Coelho, Carlos Doninha, José António Nunes, Zeca Saraiva, Macedo e Carlos Morais.
🏑Torneio disputado em Oviedo (Espanha) em Setembro de 1962🏑 
🏑Resultados dos jogos do Belenenses: vitória (3-1) contra o Cibeles; vitória (4-0) contra o Arrahona; derrota (2-4) contra o Voltegrá; derrota (1-2) contra o Barcelona; empate (2-2) contra o Parede.

Separata do plantel do Belenenses da época de 1978/79

Poster editado pela revista «Golo» - Foto de António Capela

⛹Carneirinho, Carlos Pereira, Amaral, António Medeiros (treinador principal), Hertz, Clésio e Sambinha.
⛹Júlio Amador (treinador adjunto), Alhinho, Isidro, José Pereira, Esmoriz, Cepeda e Lima.
⛹Rui Paulino, Guilherme, Eurico Caires, Lincoln, Luís Horta, Vasques e Delgado.

Separata do plantel do Belenenses da época de 1977/78

Poster editado pela revista «Golo» - Foto de António Capela
⛹Isidro, Eurico Caires (ex-Estoril), Luís Horta, Sambinha, António Medeiros (treinador), Esmoriz, José Francisco (ex-júnior) e Jorge Jesus.
⛹Rui Paulino (ex-Estoril), Alexandre Alhinho (ex-Académico de Coimbra), Luís Norton de Matos (ex-Atlético), Delgado (ex-Montijo), Gafu (ex-Ferroviário de Luanda), Artur Jorge, João Silva (massagista), José Pereira, António Fontes (massagista adjunto) e Juanito (treinador adjunto).
⛹Álvaro Fernandes (ex-júnior), Amaral, Ângelo, Vasques, Serra, Clésio (ex-Estoril), Ribeiro (ex-Júnior), José Maria, Lima e Carlos Pereira (ex-Estoril).
➤ Jorge Jesus apesar de ter feito a pré-época no Belenenses (e por isso fazer parte da «foto de família») foi dispensado por António Medeiros na última semana de Agosto e cedido ao Riopele, conforme refere «A BOLA» na sua edição de 27/08/1977.

Separata do plantel do Belenenses da época de 1977/78

⛹João Silva (massagista), Alhinho (ex-Académico de Coimbra), Isidro, Esmoriz, Guilherme (ex-Barreirense), Luís Horta, Lima, Carlos Pereira (ex-Estoril) e António Fontes (massagista adjunto).
⛹Juanito (treinador adjunto), José Pereira, Hertz, José Francisco (ex-júnior), Ângelo, Delgado (ex-Montijo), Ribeiro (ex-júnior), José Maria, Eurico Caires (ex-Estoril), Rui Paulino (ex-Estoril), António Medeiros (treinador) e Joaquim Jorge (Director do Departamento de Futebol).
⛹Vasques, Clésio (ex-Estoril), Drissa (ex-Union Bruxelles), Carneirinho (ex-Botafogo), «Didinho» (ex-Volta Redonda), Amaral, Norton de Matos (ex-Atlético) e Álvaro Fernandes (ex-júnior).
 Editado pela revista "selecções desportivas - «Equipa»". Poster # 22 

Separata da equipa do Belenenses da época de 1975/76

Quaresma, Artur Jorge, Sambinha, Melo, Figueiredo, Pincho, Ramalho e João Cardoso
Ernesto, José Rocha, Freitas, Pietra, Esmoriz, Godinho, Gonzalez e Alfredo
Editado pela revista "selecções desportivas - «Equipa»". Poster # 12 

O conjunto belenense impôs-se na Amoreira com arte e muito brilhantismo, apesar dum «score» final escasso

Vieirinha, Feliciano, Petrak e o «kepper» belenense Acácio Correia
➤ Domingo, 31 de Dezembro de 1945. Campo da Amoreira, Estoril, com avultada assistência. Desafio da 6ª jornada do «nacional» de futebol, arbitrado por João dos Santos Júnior, de Lisboa.
⛹Belenenses -  Acácio; Vasco e Feliciano; Varela Marques, Gomes e Serafim; Mário Coelho, Quaresma, Armando, José Pedro e Rafael.
⛹ G.D. Estoril Plage - Valongo; Pereira e Eloi; Oliveira, Júlio Costa e Alberto; Lourenço, Bravo, Franjo Petrak, Vieirinha e Raúl Silva.
⚽ Marcadores: 0-1, aos 8' por Armando; 0-2, aos 15' por José Pedro; 2-1, aos 35' por Vieirinha. Resultado final: Estoril, 1 - Belenenses, 2.

Acusando o sol quente de uma primavera promissora, o Belenenses deixou-se amolecer e saiu de Évora derrotado


Évora, 12 de Fevereiro de 1961. Jogo no Campo «Estrela», perante reduzida assistência. 18ª jornada do «nacional». Árbitro: Curinha de Sousa, de Portalegre. Os grupos:
Belenenses - José Pereira; Benvindo Assis e Carlos Silva; Castro, Abdul e Alfredo; Yaúca, Carvalho, Tonho, Potengi e Estêvão. Treinador: Otto Glória. 
Lusitano G.C.- Vital; Teotónio e Paixão; Joab, Falé e Vicente; Fialho, Caraça, José Pedro, Quinito e Vaz. Treinador: Humberto Buchelli.
Marcador: José Pedro, aos 88' num ressalto, no seguimento de uma defesa incompleta de José Pereira. Resultado final: Lusitano, 1 - Belenenses, 0.

Separata da equipa do Belenenses da época de 1975/76


Poster e capa do n.º 10 da revista «Noite e Dia»

Quaresma, Freitas, Sambinha, Melo, João Cardoso e Isidro
Vasques, Artur Jorge, Pietra, «Pincho» e Gonzalez 
⚽Este foi o onze que alinhou contra o Benfica no dia 12/10/1975 e venceu por 4-2. Jogo da 6ª jornada do campeonato, com o estádio totalmente lotado, ou como diziam os relatores das rádios, a "rebentar pelas costuras". Inesquecível.
 edição de 1 de Dezembro de 1975

Separata da equipa do Belenenses da época de 1972/73

Separata editada pelo «Jornal do Cuto»

Quaresma, Murça, Calado, Freitas, João Cardoso e Mourinho
Laurindo, Quinito, Luís Carlos, Godinho e Gonzalez

Separata da equipa do Belenenses da época de 1972/73

Separata editada pela Sociedade Nacional de Petróleos (Sonap)
Quaresma, Freitas, Murça, Calado, João Cardoso e Mourinho
Laurindo, Quinito, Luís Carlos, Godinho e Gonzalez

A equipa de hóquei em patins do Belenenses, Vencedora da Taça «Vítor Lemos» de 1966

De pé: António Henriques (seccionista), Alfredo Saraiva, Vítor Garcia, José Nunes, Armando Duarte, Fausto de Oliveira (treinador) e Rui (mecânico). Agachados: Mário Cordeiro (seccionista), José Lemos, Abel Louro, Caldeira e Jaime Santos. Falta na foto o jogador Licínio Barros.
🏑O Belenenses venceu (3-2) o Hóquei Clube de Sintra no jogo da final, com golos de José Lemos, Vítor Garcia e Armando Duarte.  

Lucas da Fonseca, o consagrado «Matateu», foi galardoado com as Medalhas de Mérito (1960) e Ouro (1965) da A.F.L.

«Como singela homenagem pelo aprumo, compostura e inexcedível dedicação com que serviu o seu Clube, a A.F.L. e o futebol nacional, nos largos anos da sua actividade futebolística»

O Belenenses decidido a ser campeão esbarrou na modelar organização defensiva que morava no «Santos Pinto»

A 18ª jornada do campeonato da época de 1958/59 provocou o desacerto do passo com que o Benfica e o Belenenses caminhavam nas últimas jornadas.
O Benfica jogou no seu campo e ganhou; o Belenenses deslocou-se à Covilhã e perdeu. Consequências imediatas: os «encarnados» reconquistaram vantagem de três pontos, perdida quando, na 14ª jornada, saíram derrotados de Guimarães.
Os «encarnados» conseguiram nesta jornada, além dos dois pontos, uma tranquilidade para o desafio da próxima jornada - precisamente contra o Belenenses, no Restelo.
Covilhã, 25/01/1959. Jogo no Campo Santos Pinto, que registou boa assistência. 
Covilhã - Rita; Lourenço e Couceiro; Lorenzi, Cabrita e Lãzinha; Gabriel, Suarez, Pires, Amílcar e Óscar Silva.
Belenenses - José Pereira; Pires e Carlos Silva I; Carlos Silva II, Figueiredo e Vicente; Dimas, Yaúca, Tonho, Matateu e «Tito». Treinador: Fernando Vaz.
Árbitro: Braga Barros, de Leiria.
Marcadores: 1-0, aos 4' por Suarez; 2-0, aos 62' por Suarez; 2-1, aos 70' por Yaúca.
Classificação geral à 18ª jornada: 1º Benfica, 30 pontos, 2º Belenenses, 27; 3º FC Porto, 26; 4º Sporting, 22; 5º V. Guimarães, 22; 6º V. Setúbal, 20; 7º C.U.F., 18; 8º Braga, 15; 9º Barreirense, 14; 10º Sp. da Covilhã, 14; 11º Lusitano, 13; 12º Académica, 11; 13º Torriense, 11 e 14º Caldas, 9.

Expulsão de Gonzalez no "Amsterdam Olympic Stadium" em jogo de bom futebol e não em sessão de pancadaria

«Um "disparo" implacável com o pé esquerdo. A bola parece que vai entrar nas balizas do adversário, em Amsterdam, num jogo para a "Taça Intertoto" em que o Belenenses tem alcançado grande êxito com o melhor contributo do paraguaio Gonzalez.»

Amsterdam Olympic Stadium, 26 de Julho de 1975. Penúltima jornada do Grupo 9 da "Taça Intertoto" (UEFA Intertoto Cup). 
FC Amsterdam - C.F. «Os Belenenses»
⛹Belenenses - Melo; Sambinha, Quaresma, Freitas e João Cardoso; Pietra (Alfredo, aos 75'), Isidro e Godinho; Quinito, Ramalho (Leitão, aos 46') e Gonzalez. Suplentes não utilizados: Figueiredo, Lima e Pincho. Treinador: José A. Peres Bandeira
⛹ FC Amsterdam - Jan Jongbloed; Frits Flinkevleugel, André Wetzel, Tjeerd Koopman e Tom Dekker; Jaap Visser, Abe van den Ban e Heini Otto; Erwin Snijders, Kees de Jonge e Dries Boszhardt. Trainer (Treinador): Pim van de Meent.
➢ Cartões amarelos para Quinito, Isidro, Quaresma e Gonzalez, que recebeu um segundo cartão amarelo, sendo expulso aos 44'. 
⚽Marcador: Alfredo, aos 88'. Resultado final: FC Amsterdam, 0 - Belenenses, 1. 

Só na 2ª parte o Belenenses ultrapassou com êxito a boa resistência dada pelo grupo alcantarense

Estádio do Restelo, 27 de Setembro de 1959. Campeonato nacional de futebol. O árbitro Encarnação Salgado, de Setúbal, dirigiu o desafio da 2ª jornada, com a presença de numeroso público.
Belenenses - José Pereira; Pires e Moreira; Carlos Silva II, Figueiredo e Vicente; Dimas, Yaúca, Tonho, Matateu e Estêvão.
Atlético - Ramin; Fernando Ferreira e Orlando; Vítor Lopes, Fonseca e Pereira Correia; Ângeja, Gomes, Albano, Bispo e «Tito».
➤Aos 3 minutos, o árbitro, inexplicavelmente, expulsou Pereira Correia, quando foi Yaúca que tentou agredir aquele. 
➢ Aos 30' Yaúca falhou um castigo máximo, permitindo que Ramin executasse uma boa defesa, repelindo a bola brilhantemente.
Marcadores: 0-1, aos 7' por «Tito»; 1-1, aos 47' por Matateu; 2-1, aos 52' por Tonho; 3-1, aos 77' por Dimas; 4-1 aos 82' por Matateu.

Os jogos do Jamor foram "jogos" de...Treinadores

Em Setembro de 1959, Pargana, caricaturou os quatro treinadores (Manolo Ibañez, Fernando Vaz, Otto Glória e Bela Guttmann) que treinavam as equipas dos Clubes que disputaram, no Jamor, os jogos da edição desse ano da Taça de Honra.
Só Fernando Vaz é que estaria ausente na edição de 1960. Os outros três, continuaram ao comando das mesmas equipas.